Associação desenterra trecho de ferrovia no interior para criar rota entre SP e MG

Trabalho para desenterrar os trilhos é praticamente todo feito manualmente em Cruzeiro (Divulgação)

O desmanche do patrimônio ferroviário em São Paulo foi marcado pela retirada de trilhos no interior do estado na década de 80 e pelos constantes furtos registrados após a paralisação dos trens em alguns trechos, o que fez o abandono predominar nas linhas férreas. Mas também foi marcado, acredite, pelo enterro de trilhos para dar […]

Leia Mais

Exposição conta a história da primeira fábrica de vagões ferroviários do país

Interior da antiga fábrica da FNV, em Cruzeiro, criada para a produção de vagões ferroviários (Divulgação)

A FNV (Fábrica Nacional de Vagões), primeira fábrica brasileira de vagões ferroviários, é tema de uma exposição que está aberta ao público até a próxima sexta-feira (1) em Cruzeiro (a 219 km de São Paulo). Surgida em 22 de outubro de 1943 no Rio de Janeiro, no governo Getúlio Vargas (1882-1954) a FNV foi transferida […]

Leia Mais

Viagem no tempo: a locomotiva 232 da extinta Rede Ferroviária Federal

Locomotiva 232 MRV, hoje em operação em trecho gerido pela ABPF (Acervo ABPF)

A locomotiva a vapor da imagem, uma maria-fumaça, é a 232 MRV e pertenceu à extinta RFFSA (Rede Ferroviária Federal S.A.). A rede ferroviária foi uma sociedade de economia mista controlada pelo governo federal, vinculada ao Ministério dos Transportes, e que existiu entre 1957 e 1998, quando seus ativos foram concedidos à iniciativa privada –para […]

Leia Mais

Com a chegada de dormentes, ferrovia começa a renascer no interior de SP

Dormentes chegam do Maranhão para serem usados em ferrovia em SP (Divulgação/ABPF)

A chegada de um primeiro lote de 320 dormentes para serem usados na recuperação do trecho entre as estações Cruzeiro e Rufino de Almeida, em Cruzeiro, marca o renascimento do trecho ferroviário no interior paulista. O lote foi recebido neste mês pela ABPF (Associação Brasileira de Preservação Ferroviária), que iniciará a recuperação da linha ferroviária […]

Leia Mais

Estação de trem e túnel foram palcos de confronto sangrento na revolução de 32

Túnel ferroviário entre SP e MG, que marcou confrontos na revolução de 32 (Marcelo Boncompani)

Local de relevância histórica durante a Revolução Constitucionalista de 1932, que completa 86 anos nesta segunda-feira (9), a região da estação ferroviária Coronel Fulgêncio, em Passa Quatro (MG), ainda guarda marcas dos confrontos. A região da linha férrea, que hoje abriga uma rota turística, foi cenário de uma batalha sangrenta entre as forças paulistas e as […]

Leia Mais